3 de julho de 2013

Resenha: O Teorema Katherine - John Green

Título: O Teorema Katherine
Título original: An Abundance of Katherines
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
302 páginas
Narrativa: 
Capa: 
Classificação geral: 

O Teorema KatherineQuando se trata de garotas (e, no caso de Colin, quase sempre tratava), todo mundo tem seu tipo. O de Colin Singleton não é físico, mas linguístico: ele gosta de Katherines. E não de Katies, nem Kats, nem Kitties, nem Cathys, nem Rynns, nem Trinas, nem Kays, nem Kates, nem - Deus o livre - Catherines. K-A-T-H-E-R-I-N-E-S. Já teve dezenove namoradas. Todas chamadas Katherine. E todas elas - cada uma, individualmente falando - terminaram com ele.
19 Katherines. Este é o número de Colin. Ele nunca namorou com uma garota cujo nome não fosse Katherine.

Desde pequeno, Colin sempre foi inteligente e esperto. Um garoto prodígio que sempre quis ter o seu momento "Eureca!". Porém, quando levou o seu décimo nono pé na bunda, ele desistiu de ser um prodígio. E para esquecer tudo, Colin cai na estrada junto com Hassan, seu melhor amigo.

Os dois vão parar em uma cidade pacata chamada Gutshot, onde Colin tem a ideia do Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que pode prever o final de qualquer relacionamento.

Mas, Colin nunca pensou que conheceria Lindsey na cidadezinha. Ela é legal, mas não é nenhuma Katherine, então, está fora. Pelo menos é isso que ele espera.



Quando a Intrínseca anunciou o lançamento de O Teorema Katherine, eu surtei! Mais um livro do John Green? Eu precisava ler!

Entretanto, quando comecei a leitura, não estava conseguindo me identificar ou achar o livro legal. Não sei o que aconteceu, mas o livro simplesmente não estava me prendendo, sabe?  Mas, assim que o Colin chega na cidade de Gutshot, e começa a viver novas aventuras, é impossível parar de ler!

Os personagens são bem construídos, como é típico de John Green. Mas, confesso que algumas atitudes de Colin me irritaram muito. Já Hassan é outro nível haha. O melhor amigo de Colin tem uma personalidade incrível! Ele é engraçado e super de bem com a vida, então é óbvio que ele virou meu personagem favorito.

O livro é narrado em terceira pessoa, e apesar de não apreciar muito estórias narradas deste jeito, eu gostei. De alguma maneira, mesmo sendo terceira pessoa, não houve nenhum empecilho, já que normalmente acho este tipo de narrativa cansativa.

Como Colin faz um teorema, encontramos matemática nas páginas. Porém, o autor não abrange tanto este lado, então não se preocupem.

Quando chegamos nos últimos capítulos, é simplesmente impossível de parar de ler. O final dá uma sensação de satisfação que fica por um bom tempo. (:
O Teorema Katherine é engraçado, inteligente, e tornou-se um livro especial na minha estante. 

Recomendo com certeza!

Beijos,

Juli. 

10 comentários:

  1. Oie :)

    Nossa nossas opiniões bateram muito sobre esse livro, eu gostei de tudo nele menos a matemática exagerada :( beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não achei a matemática exagerada não rsrs Achei o que o autor colocou a quantida necessária de números hehe

      Beijos :**

      Excluir
  2. Alguns dizem que odiaram e outros dizem que adoraram! Simplesmente não sei o que esperar dele. Mas acho meio impossível de ODIAR, afinal, é o John Green, hahaha!
    http://respiramoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho meio impossível de odiar haha! Eu gostei muito do livro. Não virou favorito, mas como disse na resenha, é especial <3

      Beijos :**

      Excluir
  3. Que louco esse garoto! kkkk não curti essa parte sobre a matemática, acho que pode confundir os miolos rs mas achei muito divertida a história. Acredito que deve ser mesmo uma boa leitura.

    Cada vez melhor suas resenhas ^^

    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma ótima leitura! A matemática não é exagerada não Nita, dá para entender ;D
      Obrigada pelo elogio *--*

      Beijos :*

      Excluir
  4. Adorei a resenha, como sempre!
    Às vezes acho o Colin meio louco hahahahaha
    Beijos,
    Gabriel (http://perdidonaslinhas.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada *---*
      O Colin? Sério?
      Às vezes acho o Hassan louco hahaha

      Beijos :*

      Excluir
  5. Achei o livro muito engraçado e louco. John Green é sempre o melhor! Mas nem se compara à perfeição de "a culpa é das estrelas". ;)

    http://everythingihateintheworld.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei (: Não dá para comparar ACEDE com nenhum livro rsrs (:

      Excluir

Fique à vontade para comentar!
Adoro o contato com os seguidores do Blog! =D
Mas lembre-se: Mensagens preconceituosas, com propagandas, ofensas, e afins, serão DELETADAS.